Seja bem-vindo, volte sempre e o último a sair apaga a luz ! :D

Quem sou eu

Minha foto
Rio de Janeiro, Brazil
Eu sou Vanessa Provietti, tenho 25 anos, sou carioca, sou loira, sou linda, sou leonina, sou tricolor (é a ordem natural das coisas hahah), sou caçula, sou pequena e esse é um dos meus apelidos também. Sou apaixonada por palavras. Eu amo escrever, violão,judô, praias, chocolate, me expressar, viagens, Deus, a vida e as pessoas que fazem parte dela.

sábado, 28 de novembro de 2015

Dádiva!

Hoje quero fazer menção a alguém ultra importante em minha vida, não por ser uma data comemorativa, mas porque hoje mais uma vez sou provada e testemunho de um amor puro que não sabemos a força que tem, até vivermos essa eternidade que é o amor de mãe. É, mãe esse aqui é pra você! Ontem você foi mais um dia daqueles, que me dá um medo imenso de te perder, perder suas lembranças desde a voz até o cheiro e as caretas, e engraçado mais uma vez papai do céu te fez presente dentro de mim. Restabelecendo uma esperança e fé de que de alguma forma você vai estar comigo pra eternidade, fé esta que você me ensinou e fez penetrar em meu coração, a ponto de nada, tirar daqui. Mãe é o mais próximo do amor de Deus. Mãe que nos instruiu a amar, a fazer o bem, a sempre buscar ser alguém melhor. E afirmo que tudo isso foi você sendo um instrumento Dele mim. Foi o que você aprendeu com ele e me transmitiu. Sim, mãe, foi através de você que eu aprendi o qual perto de Deus eu posso chegar. E que por mais que tudo pareça afastar, ele nunca se afastará de nós. "Quero me lembrar de você como alguém que sempre ousou sonhar e acreditar nos sonhos de Deus. Quero me lembrar dos verões quero me lembrar das canções e das lições que me ensinou. Se eu pudesse voltaria atrás e te beijaria muito mais mãe ouviria mais dos seus conselhos, de acariciar os seus cabelos.." A cada luta pela sua vida, a cada vitoria em nossas vidas, eu enxergo o tamanho amor e proposito que ele tem e teve para conosco. E sou grata, sou grata demais por ele ter me dado você, por ele ter escolhido você pra mim e pelo laço muito mais que sanguíneo, muito mais que amigo, vou além mais que de alma que temos. "De todo amor que eu tenho metade foi tu que me deu, salvando a minha alma da vida, sorrindo e fazendo meu eu." Mãe, eu te amo, e essa é só mais uma vez uma forma de comemorar e parabenizar um amor alem da vida. E mas, que existem valores e sonhos que nunca poderíamos reconhecer e viver sozinhos. Esse é um amor em sonhos reais, um amor imenso e sem igual. Um amor que perdura e que se resume na primeira palavra dita e sentida: MÃE! <3

terça-feira, 21 de abril de 2015

Para minha grande amiga Elaine Soares.



Engraçado como todas as vezes que me lembro da palavra Caos, me vem a cabeça você, não no sentido ruim da palavra, se é que exista algum sentido bom nela esse sentido me lembra você porque nos meus caos eu te achei, e no seu caos, você sabe que sempre estarei aqui, você me ensinou a importância do abraço quando eu perdi a pessoa mais importante da minha vida, e eu soube transmitir aos seus pais quando eles tiveram medo de perder a pessoa mais importante da vida deles, sabe cara, você é uma das pessoas mais fodas que eu tive a honra de ter como amiga. E hoje você esta ai revivendo de novo, e tudo o que eu posso dizer é: você é a pessoa mais forte que eu já conheci, você além de ser uma dadiva, hoje é um milagre.
E eu te vibro amor, força, fé e muita saúde pelo caminho, sei que ele é árduo, mas não tenho duvida da sua vitoria. E deixo aqui registrado, você não está sozinha!

Com amor,

 Vanessa .

terça-feira, 20 de janeiro de 2015

É, só detalhe.



Houve um tempo em que eu gostava muito de falar de ''amor'', eu acreditava que amor era o generalizado, era isso que todo casal vive por aí, ou julga ser amor.
Hoje eu vejo que o amor talvez não seja nada disso. O amor no meu ponto de vista atual é todo detalhe, como aquele livro que a gente lê em épocas diferentes e gosta muito do contexto, mas a cada leitura você enxerga a essência com mais critica e mais aceitação, a cada releitura você interpreta de um jeito diferente, mas a essência ela está presente ali sob um novo ponto  de vista e cada vez mais forte.
Não vim aqui para descrever o que não é amor pra mim, até porque o que eu acho, é apenas o que eu acho. Mas vou dizer o pouco do que eu aprendi nessa busca incessante de amar...
Amar é como sede, não importa o vinho da melhor safra, ou a coca estupidamente gelada, quando se tem sede é de água.
Amar para mim é trocar as tardes de Domingo no bar, para ajudar o outro naquela matéria "tediolante" da faculdade ou mesmo apenas trocar o bar para estar ali por  apoio moral por você já ter passado dessa fase. Amar é querer ver o outro crescer o quanto ou mais que você, crescer com você!
Amar é ver o outro trocar a noite de final de semana, trocar aquela balada esperada, por um filme, chocolate quente, edredom e meia nos seus pés, porque você está resfriada!
Amar é trocar presentes sem motivos, ou datas comemorativas, pelo simples fato de lembrar do outro durante todo o percurso que você faz!
Amar é quando você quer que o outro se enxergue com seus olhos!
Amar é quando te aproxima da sua família, te faz se colocar no lugar do outro, te faz se reconciliar com teu pai!
Amar é quando o outro te faz enxergar valores que já se perderam!
Amar é querer estar perto quando longe e ainda mais perto, quando perto!
Amar é ter coragem de enfrentar o mundo de mãos dadas!
Amar é quando o outro te mostra fé nas coisas mais simples e essências da vida!
Amar é a força de se sentir protegida e forte o suficiente para proteger alguém do mundo!
Amar é saudade chata, são planos esboçados!
Amar é ter ciúmes sem aprisionar, estar junto por vontade e não conformismo, é medo de perder sim, mas não posse!
Amar é querer bem, é tratar bem, é prioridade, é respeito,é amizade, é consideração, é confiança, é verdade, é cuidado e acima de tudo, é reciprocidade!
Amar não é certo ou errado, não é perdas ou ganhos, amar é certeza no meio das incertezas!
Amar é misturar risadas, é sorrir pro mundo, é tristeza e choro também, amar é brincadeira, mas uma brincadeira muito séria!
Amar é pegar todas as manias, é notar todos os hábitos, é reparar os sinais!
Amar é necessidade, é imensidão, é telepatia, é valorizar, é gratidão, é conquista diária!
Amar não é apenas status na rede social, metal no dedo, é compromisso, é saber ser seu, para então ser de alguém e fazer dele seu também!
Amar é ir bem além da combinação na cama, é combinação na alma!
Amar é beijar sorriso, é abraçar no olhar, é enxergar de olhos fechados!
Amar é ser admirada e exaltar no outro o que nos falta ser, é mais que completar, é transbordar!
Repito: Amar é detalhe!
E, só .

terça-feira, 20 de maio de 2014

Agri-Doce Novembro


Talvez eu nunca tenha contado. Embora você sempre goste de recordar cada detalhe daquela ''primeira vez''. (E você sempre começa no dia que sua curiosidade estranha fez nossa amiga em comum abrir uma foto minha no facebook dela.)
A nossa primeira vez. Aquela noite de um novembro qualquer. Uma sexta costumeira. Num estado de espirito desesperançado. Alguém me chamou para sair. Devido a uma busca incessante de obter qualquer válvula de escape, fui.
E a noite não passou de noite. Cheia de luz fluorescente. Bebidas. Gente. Indi-gente. Até que no meio de toda essa gente, apareceu um olhar. Um olhar-você. Intrigante olhar, des-conhecido, e ao mesmo, tão encontrado. Notável e profundo olhar. Um olhar de quem por algum motivo parecia me conhecer. Sem eu nunca ter sequer olhado. Foi a primeira vez que meu olhar se perdeu no seu. Nesse olhar então me enxerguei em ti e te enxerguei em mim. Clichê. Eu sei.
A noite começou ali, por algum motivo meu corpo conhecia o desconhecido. E eu que já não enxergava nada, só notava você. E seus olhos que eu encontrei perdidos, parecia presente em mim. Não troquei palavras, não me apresentei como de costume, mas já te conhecia, eu sinto. E sua timidez deu asas a um assunto, que sorte a minha estávamos no mesmo grupo. (Mentira. Despertou meu interesse, só usei essa desculpa para parecer difícil.) Passamos a nos corresponder. E alguém se interessou por você até avisaram que você era diferente, você não beijava ninguém em boate. Mas não, não era isso que mantinha meu interesse. Era curiosidade, mistério talvez.
Outra vez sorte a minha, fui pegar bebida e você quis ir buscar também.
Você deve ter me achado estranha, e confesso, me achei retardada.
Mas por algum magnetismo, força ou combinação, no meio de toda aquela gente, minha mão deu a mão para sua. (Ironia, creio que a minha felicidade já tenha feito isso a anos.)
E na volta, no meio de tanta luz fluorescente, eu só enxerguei seu olhar fixando no meu, por algum motivo eu quis ser dona dele, e você foi a primeira coisa boa do meu semestre inteiro, era aquele olhar a razão do meu meio sorriso. Mil vezes eu beijei você. Seria só mais uma noite, se não tivesse tocado a alma.
E a gente nunca mais se desencontrou.
E hoje 6 meses depois eu estou aqui, tendo o imenso prazer de narrar isso, você beija meu meio sorriso e hoje é a dona do meu sorriso inteiro e eu amo contemplar o teu olhar profundo. E eu consigo enxerga a gente até com seus olhos fechados. Explicação? Devia ser amor, antes de ser. Obrigada! <3




segunda-feira, 20 de janeiro de 2014

Maktub - Estava escrito.


Bom, eu disse que escreveria para você, lembra?  Então, estou aqui, conforme o combinado.
Dizem que devemos sempre começar pelo começo, mas eu não costumo seguir o padrão, logo, no mínimo vamos cortar caminho, okay?
A verdade é que eu não sei onde foi o começo, porque das crenças que levo hoje, sinto que a gente não começou na noite de 30 de novembro de 2013. Nem nos apresentamos ali. Sabe?
E quando lembro da primeira vista, eu só consigo associar que eu não precisava me apresentar a você, e só pra constar eu nunca vou esquecer o primeiro olhar, um olhar profundo e tão cheio de já te vi.
Então, vamos começar pelo primeiro contato, ta? Eu te dei a mão. Definitivamente, eu sou uma garota ''desinibida'', mas não tenho o costume de dar as mãos a alguém ''desconhecido''. Porém acho que minha alma sabia algo que eu não tinha ciência ainda. Talvez soubesse antes de mim, que nossas mãos foram feitas para segurar uma a outra, sem medo.
Creio que por isso que eu nunca senti como se estivesse nos conhecendo, sempre pareceu que eu estava lembrando de você, um ''déjà vu'', talvez isso também explique a tamanha ligação que temos. Vai saber se em cada vida, eu tenha encontrado o caminho para te encontrar de novo e mais uma vez e de novo?!  Amor, o fato é que eu me sinto muito sortuda todos os dias por ter você nessa vida. E espero de coração caso exista outras que eu encontre o caminho para você em cada uma delas. 
Porque de cara você é uma das pessoas mais especiais e raras que já fora colocada aqui, e eu espero com toda força do mundo te fazer feliz o quanto você me faz, a cada dia que estiver por aqui. Eu de fato não posso presumir o quanto isso vai durar, mas seja o tempo que for eu gosto do que temos. Eu quero ser muito mais que um página na sua vida, e se eu não puder fazer uma boa parte na historia, que pelo menos seja um capitulo muito memorável, quero que a nossa história seja contada como uma historia que traga coragem e fé no amor. Porque é isso que você trouxe para mim! A possibilidade de sentir em meio ao caos! 
Somos a possibilidade. Há sim inúmeros caminhos para nos perder, contudo saber que existe apenas um para termos nos encontrado, nos faz valer o risco.
Não sei dizer se a vida te trouxe, ou se Deus me deu, mas não foi por acaso, eu te precisava muito.
E por mais idiota, patético ou desesperador que isso soe: acho que tudo até aqui me preparou para você e eu tenho certeza absoluta que durante esse tempo eu te procurei muito! E que sorte a minha, mas eu te encontrei! Então: que a gente não se perca!

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Carência.

É, eu me recuso a ver tv.  Porque cada noticiário, sin
to como se tivéssemos a um passo a mais do fim. E não estou aqui pregando evangelho.
No meu ponto de vista o fim não está na passagem, e sim, na ausência.
E existe tanto bem por aí. Não quero acreditar que na balança dos equilíbrios o mal tenha superado o bem.
Sabe o que falta?
Falta verdade. Falta fé. Falta paz. Falta essência.
É isso há carência de Deus. Carência de essência.
O que falta é amor!


quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Eu teria te escolhido mil vezes, Rainha.


Então, eu sempre fui melhor escrevendo do que falando, lembra de quantas cartinhas de desculpas e parabéns, por não conseguir dizer?
Lembro de um dos seus últimos momentos de lucidez, eu estar com a cabeça baixa encostada no teu leito, você acordar e dizer: oi, minha princesa, tudo bem? Como se para você estivesse, minha guerrreira, como eu te admiro. Sua trajetória, sua luta, sua garra, suas conquistas, quantas e quantas você enfrentou e testemunhou. Nesse mesmo dia você falou do orgulho pelos seus filhos para o enfermeiro, do quanto era realizada em nos ter, do quanto eu era diferente desde o nascimento e que eu não tinha sido uma gravidez desejada e a vida se encarregou de fazer de você por mim melhor, da nossa união e riu
que eu tava eu lá cuidando de você. Eu vou guardar cada palavra dessas, e mãe, eu vou continuar tentando ser tudo o que você esperava que eu fosse. E buscando em cada detalhe teu, me espelhar. Porque se eu for 1/3 da mulher que você foi, eu fui tudo o que eu espero.
Hoje é o sétimo dia, de um capitulo fisicamente sem você, às vezes eu acredito que é um pesadelo e uma hora eu vou acordar e você vai estar aqui me abraçando de ''conshinha'' sem questionar, julgar ou perguntar o motivo da dor, só se fazendo presente de um jeito que só você era capaz de fazer. Mãe, como eu sinto falta disso, o teu abraço é sem sombra de dúvidas o lugar mais seguro de se estar. Ironico saber que hoje só o teu abraço confortaria, né?
Muitas vezes eu blasfemei contra tudo de melhor que você me deixou de herança - contra a minha fé. Cheguei odiar a medicina, cheguei a cogitar a ideia de abandonar a faculdade, porque a pessoa mais importante do mundo não podia mais ser salva - presunção a minha não sou eu que salvo é O cara lá de cima né? Mas lembra quando a comecei, eu só queria cuidar e aprender ajudar você. E sim mãe, sou feliz, grata e reconfortada, por saber que o fiz, que estive com você, que cuidei, e mais ainda em saber que te lembrei todos os dias o quanto eu te amava  e o que você é/foi/será a melhor mãe do meu mundo.
É, minha rainha, hoje é o sétimo dia, dizem por aí que existem 7 céus, eu espero que em cada um desses dias você tenha passeado por um deles. Mas que Papai do Céu, tenha escutado minhas orações e te preparado o lugar de maior afago, um castelo que sempre foi teu. Descansa, meu amor. Não há dúvidas que é ele que está cuidando de você agora.
Eu vou estar aqui imaginando que em cada vento sinto um abraço teu, olha por mim, meu anjo, me guia, me protege, deixa eu lembrar de cada exemplo teu para ter forças, foi pra isso que ele nos escolheu, né?
Mãe se ele não tivesse nos escolhido, eu teria te escolhido mil vezes.
Te amo para sempre, te levo comigo! <3

" De todo o amor que eu tenho, metade foi tu que me deu
salvando minh'alma da vida, sorrindo e fazendo o meu eu . ''