Seja bem-vindo, volte sempre e o último a sair apaga a luz ! :D

Quem sou eu

Minha foto
Rio de Janeiro, Brazil
Eu sou Vanessa Provietti, tenho 25 anos, sou carioca, sou loira, sou linda, sou leonina, sou tricolor (é a ordem natural das coisas hahah), sou caçula, sou pequena e esse é um dos meus apelidos também. Sou apaixonada por palavras. Eu amo escrever, violão,judô, praias, chocolate, me expressar, viagens, Deus, a vida e as pessoas que fazem parte dela.

segunda-feira, 23 de dezembro de 2013

Carência.

É, eu me recuso a ver tv.  Porque cada noticiário, sin
to como se tivéssemos a um passo a mais do fim. E não estou aqui pregando evangelho.
No meu ponto de vista o fim não está na passagem, e sim, na ausência.
E existe tanto bem por aí. Não quero acreditar que na balança dos equilíbrios o mal tenha superado o bem.
Sabe o que falta?
Falta verdade. Falta fé. Falta paz. Falta essência.
É isso há carência de Deus. Carência de essência.
O que falta é amor!


quinta-feira, 12 de dezembro de 2013

Eu teria te escolhido mil vezes, Rainha.


Então, eu sempre fui melhor escrevendo do que falando, lembra de quantas cartinhas de desculpas e parabéns, por não conseguir dizer?
Lembro de um dos seus últimos momentos de lucidez, eu estar com a cabeça baixa encostada no teu leito, você acordar e dizer: oi, minha princesa, tudo bem? Como se para você estivesse, minha guerrreira, como eu te admiro. Sua trajetória, sua luta, sua garra, suas conquistas, quantas e quantas você enfrentou e testemunhou. Nesse mesmo dia você falou do orgulho pelos seus filhos para o enfermeiro, do quanto era realizada em nos ter, do quanto eu era diferente desde o nascimento e que eu não tinha sido uma gravidez desejada e a vida se encarregou de fazer de você por mim melhor, da nossa união e riu
que eu tava eu lá cuidando de você. Eu vou guardar cada palavra dessas, e mãe, eu vou continuar tentando ser tudo o que você esperava que eu fosse. E buscando em cada detalhe teu, me espelhar. Porque se eu for 1/3 da mulher que você foi, eu fui tudo o que eu espero.
Hoje é o sétimo dia, de um capitulo fisicamente sem você, às vezes eu acredito que é um pesadelo e uma hora eu vou acordar e você vai estar aqui me abraçando de ''conshinha'' sem questionar, julgar ou perguntar o motivo da dor, só se fazendo presente de um jeito que só você era capaz de fazer. Mãe, como eu sinto falta disso, o teu abraço é sem sombra de dúvidas o lugar mais seguro de se estar. Ironico saber que hoje só o teu abraço confortaria, né?
Muitas vezes eu blasfemei contra tudo de melhor que você me deixou de herança - contra a minha fé. Cheguei odiar a medicina, cheguei a cogitar a ideia de abandonar a faculdade, porque a pessoa mais importante do mundo não podia mais ser salva - presunção a minha não sou eu que salvo é O cara lá de cima né? Mas lembra quando a comecei, eu só queria cuidar e aprender ajudar você. E sim mãe, sou feliz, grata e reconfortada, por saber que o fiz, que estive com você, que cuidei, e mais ainda em saber que te lembrei todos os dias o quanto eu te amava  e o que você é/foi/será a melhor mãe do meu mundo.
É, minha rainha, hoje é o sétimo dia, dizem por aí que existem 7 céus, eu espero que em cada um desses dias você tenha passeado por um deles. Mas que Papai do Céu, tenha escutado minhas orações e te preparado o lugar de maior afago, um castelo que sempre foi teu. Descansa, meu amor. Não há dúvidas que é ele que está cuidando de você agora.
Eu vou estar aqui imaginando que em cada vento sinto um abraço teu, olha por mim, meu anjo, me guia, me protege, deixa eu lembrar de cada exemplo teu para ter forças, foi pra isso que ele nos escolheu, né?
Mãe se ele não tivesse nos escolhido, eu teria te escolhido mil vezes.
Te amo para sempre, te levo comigo! <3

" De todo o amor que eu tenho, metade foi tu que me deu
salvando minh'alma da vida, sorrindo e fazendo o meu eu . ''